O MAIOR CULPADO DESSA ONDA DE ASSALTOS NA ÚLTIMA SEMANA É DO GOVERNADOR PEDRO TAQUES

1468

Lojas ficam sem funcionários após onda de assaltos na Grande Cuiabá

Presidente da CDL disse que violência no comércio chegou ao extremo.
Somente no ano passado foram registrados 149 assaltos em lojas.

Comerciantes de Cuiabá enfrentam problema da falta de funcionários após onda de assaltos. Uma loja localizada no Centro de Cuiabá chegou a fechar as portas por que ninguém manifestou interesse nas vagas de emprego. Somente no ano passado, 149 comércios da área central de Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital, foram assaltados. Já nos dois primeiros meses deste ano, 39 estabelecimentos foram invadidos.

Segundo o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL), Paulo Boscolo, empresas tradicionais da cidade estão fechando as portas por causa da violência. “Chegamos ao extremo de empresas com mais de 30 anos de operação fecharem as portas por questão de segurança. Chegamos a uma situação extrema”, disse.

Nem mesmo o sistema de segurança tem inibido a ação. Imagens do circuito interno de uma loja que vende eletrônicos e eletrodomésticos mostram como os criminosos não têm receio de serem identificados. Eles mostram o rosto depois de pegar o dinheiro e encher os bolsos.

Em outra loja, de autopeças e pneus, somente no final do ano passado foram registrados dois assaltos. Os ladrões entraram durante a noite pelo telhado. Nem as 12 câmeras de segurança inibiram a ação. Na parede tem marcas de tiro de roubos ocorridos anteriormente.

Essa onda de assaltos registrados nos últimos dias em Cuiabá e Várzea Grande é de culpa única e exclusiva do governador do Estado de Mato Grosso, Pedro Taques. Ele que se diz um cumpridor de Leis, não cumpre a Lei 8.278/2004, que instituiu o Reajuste Geral Anual e por esse motivo empurrou o funcionalismo público estadual para a greve geral, que será mantida até que Ele cumpra essa obrigação constitucional. 

Porque o Senhor Governador do Estado de Mato Grosso não se mostra tão duro com as empreiteiras que deixaram a cidade nesse estado vergonhoso em que se encontra, com obras de toda sorte que deveriam estar prontas antes da Copa do Mundo de 2014 e até hoje são pesadelos da população cuiabana, tanto pelos transtornos causados, como pelo valor final que cresce a cada dia para ser pago pelos contribuintes e Ele não faz nada contra essas empresas, só sabe culpar a administração passada. Ele tem pleno conhecimento de toda roubalheira mas nada faz para recuperar todo esses bilhões roubadas dos cofres públicos que seriam suficientes para pagar o RGA do funcionalismo por pelo menos um século.

Comentários Facebook