Jogador é preso por tentativa de homicídio contra árbitro no Rio Grande do Sul

25

 

O jogador William Ribeiro, do São Paulo, foi preso em flagrante após agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro Dias da Costa durante partida entre Guarani e São Paulo na noite de hoje, 4, no Edmundo Feix. O confronto encerrou antes da metade da etapa complementar.

Após o encerramento da partida, o jogador foi conduzido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para exame, procedimento de praxe, e posteriormente foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva). Ribeiro teve a prisão em flagrante decretada pelo delegado Vinícius Lourenço de Assunção e deve responder por tentativa de homicídio tentado.

O QUE ACONTECEU

Quando o Guarani vencia pelo marcador de 1 a 0, gol marcado por Yan Petter, um fato acabou manchando o confronto. O árbitro foi nocauteado pelo atleta William Ribeiro, do São Paulo, de Rio Grande. Não bastasse, quando o árbitro estava caído o atleta agressor desferiu um pontapé com a perna esquerda que acabou atingindo a nuca do comandante do confronto.

Após a agressão, o atleta foi contido por jogadores das duas equipes. Prontamente jogadores do rubro-negro pediram a entrada da equipe médica que socorreu o árbitro. Rodrigo Crivellaro Dias da Costa foi levado às pressas para o atendimento no Hospital São Sebastião Mártir. Após 20 minutos do ocorrido, a Brigada Militar foi até o vestiário do São Paulo e solicitou a presença do atleta agressor que foi levado para prestar depoimento da Delegacia de Polícia.

Enquanto isso, no Edmundo Feix, ordens superiores dos diretores da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) foram repassadas aos outros três integrantes da equipe de arbitragem pelo cancelamento do confronto.

Conforme um dos diretores do Esporte Clube Guarani, Marcelo Hinterholz, não havia mais clima para a realização do jogo. “Cenas realmente lamentáveis para uma Divisão de Acesso. A questão pela não realização dos 75% de jogo é algo que nesse momento temos que ficar atento naquilo que a Federação irá determinar. Não está descartada a realização dos minutos restantes”, relatou o vice-presidente.

Comentários Facebook